ENTIDADE | Central de Associações – Levando água aos que mais precisam

ENTIDADE

Caracterização da entidade

A Central das Águas é uma pessoa jurídica de direito privado, organizada na forma de associação, para fins não econômicos, com duração indeterminada, sem fins lucrativos, com o objetivo de representar e desenvolver ações de apoio, às associações comunitárias e representações estaduais a ela associadas.

Foi fundada em sua Primeira assembléia na década de 90 A Central resulta da necessidade de representação e de ações de fomento ao associativismo, e, sobretudo nos sistemas de abastecimentos de água e esgotamento sanitário.

Trata-se de uma organização para articular os diferentes setores das comunidades rurais e desta forma atuar nas grandes questões relacionadas às políticas públicas, legislação, e outros.

Papel

No setor dos recursos hídricos o papel da central das Águas é o de representar as associadas,
defender seus interesses, inserir suas filiadas às políticas públicas, de água e esgotamento sanitários
tratados e de qualidades apoiar por meio de serviços especializados, atendimento imediato aos seus usuários.

No que se refere ao desenvolvimento social, cultural e ambiental, o papel está em fortalecer as comunidades
através de suas associadas que priorizem os princípios do desenvolvimento local como base, a educação comunitária
para construção de processos cada vez mais democráticos, com transparência e gestão social.

Princípios norteadores

A Central das Águas tem como princípios norteadores de sua atuação: organização comunitária
com base nas pessoas, participação democrática, solidariedade, ética, controle social, autonomia, pluralidade,
descentralização das estruturas, transparência e respeito ao meio ambiente.

A Central das Águas surge com vários princípios e objetivos orientadores, podendo ser destacados os com maior
foco de atividade no contexto analisado:

  • Articular, integrar e representar as associações comunitárias filiadas, identificado com processos de desenvolvimento local sustentável e fortalecendo as iniciativas locais, tendo como prioridade o tratamento de água e esgotamento sanitário;
  • Realizar parcerias e convênios com entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, para atender ás necessidades das associadas;
  • Realizar estudos e pesquisas, desenvolvimento de tecnologias, e divulgação de informações e conhecimentos técnicos e científicos, que digam respeito às atividades mencionadas nos demais objetivos;
  • Promover e apoiar ações voltadas ao desenvolvimento social, e combate às desigualdades sociais;
  • Promover a educação ambiental e o desenvolvimento comunitário, e, sobretudo, promover a ética, a paz, a cidadania, os direitos humanos, a democracia e outros valores universais.

Principais Estratégias

Dentro os objetivos estratégicos da instituição pode-se sistematizar alguns temas como pontos alcançados
em âmbito estadual, regional e local;

  • Articular, integrar e representar as associações comunitárias, identificado com processos de desenvolvimento local sustentável – tem sido feito através das diversas representações que a CENTRAL DAS ÁGUAS tem, da presença em inúmeros eventos e outras ações.
  • Desenvolver ações para a aproximação e o entrosamento das entidades associadas – através dos diferentes projetos;
  • Realizar parcerias e convênios com entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, para atender ás necessidades das associadas – através dos projetos e ações decorrentes;
  • Promover e apoiar ações voltadas ao desenvolvimento e social, e combate às desigualdades sociais – debate sobre as leis gerais e específicas ligadas a saneamento básico;
  • Os fatores que contribuíram para que os objetivos fossem alcançados são o empenho dos dirigentes, a credibilidade institucional e o apoio das bases associadas.

A estratégia da CENTRAL DAS ÁGUAS

Para alcançar sua visão, missão e metas a estratégia da Central está baseada em seu desenho organizacional
em que privilegia a organização em rede das associadas.

A entidade define e aprofunda suas estratégias nas assembléias gerais ordinárias e extraordinárias, reunião
do conselho ampliado trienais realizados com presença representativa das associadas. Estas estratégias
focalizam os planejamentos e são redefinidas anualmente após realização de encontros anuais de debate,
aprofundamento e articulação das estratégias e demandas facilitando assim, o trabalho de liderança do
conselho administrativo, diante das entidades parceiras e políticas desenvolvidas em âmbito local.

Para o desenvolvimento das lideranças e da equipe Central das Águas valoriza espaços de participação e
reflexão dos dirigentes e funcionários; promove encontros e seminários em que prioriza interfaces com
atores governamentais e da sociedade organizada; fomenta os intercâmbios regionais e culturais; estimula
a participação dos dirigentes e funcionários em eventos relacionados o associativismo, e ao desenvolvimento
local, com foco na sustentabilidade ambiental; e busca constante interação com entidades parceiras que
possuam foco de desenvolvimento próximo ao da instituição.